Dicas para quando for fazer o câmbio

As melhores lojas populares para fazer boas compras
03/12/2014
As melhores lojas para fazer compras online
03/12/2014

Dicas para quando for fazer o câmbio

Cambio monetário - Dolar e real

A variação do dólar traz inseguranças e, quando está em alta, faz com que os brasileiros pensem duas vezes antes de viajar para o exterior. No entanto as compras realizadas fora do Brasil, especialmente nos Estados Unidos, ainda continuam sendo vantajosas devido ao baixo valor dos produtos.

Famosos pelas compras, os brasileiros são cada vez mais bem-vindos nos EUA, tanto que muitas companhias aéreas abriram excessões quanto ao limite de peso das bagagens. Normalmente é permitido apenas 01 mala de até 32 kg, porém brasileiros e chineses são os únicos que possuem a regalia de uma mala extra, também com limite de 32 kg.

De qualquer forma, independente se você pretende dedicar-se às compras ou não, é recomendável conhecer sobre a variação cambial e a melhor forma de pagar menos por ela, valorizando ainda mais o seu dinheiro.

Vejam algumas dicas que separamos para vocês.
 

Deixe o cartão de crédito para emergências

O cartão de crédito cobra IOF de 6,38% para compras no Exterior, mais taxas e conversões. Além disso, o valor pago em moeda estrangeira só é definido no fechamento da fatura, o que pode ser bom ou ruim, mas em tempos de oscilação da moeda causa insegurança. Por isso, prefira o cartão pré-pago, como Visa Travel Money, Amex Global Travel Card ou Mastercard Travel Card. Com eles paga-se apenas os 0,38% sobre operações de câmbio e há várias vantagens (veja abaixo).

E o cash?

Se o cartão pré-pago é considerado praticamente pagamento à vista, ele costuma ter vantagens sobre o pagamento em dinheiro, especialmente no que diz respeito à segurança. Em geral, é melhor ter um cartão que em caso de perda ou roubo você pode cancelar, do que andar com dinheiro e correr mais riscos se acontecer algum imprevisto.

Clonagem

É preciso ficar atento para a clonagem de cartões, que também já acontece com os cartões pré-pagos. Para evitar, confira diariamente o extrato do cartão, assim você evita ser surpreendido.

Moeda local

Quanto menos vezes você fizer a troca de moeda, melhor. Essa regra costuma funcionar de um modo geral quando o tema é câmbio, pois sempre há perda/taxas na hora da troca. Então, quanto mais trocas, mais perdas.

Por isso, se você for para um país cuja moeda seja vendida no Brasil, planeje-se e já adquira um valor coerente para levar.

Saque

Cambio - Dolar x Real

Outra boa alternativa é já sacar dinheiro no país visitado. Assim ele já será entregue na moeda correta. Se você usar o cartão pré-pago em vez do cartão de crédito, melhor ainda – não precisará pagar IOF, apenas os 0,38% de quando comprou a moeda e uma taxa local de saque – que varia de acordo com o banco. Além disso, os saques estão disponíveis em qualquer horário.

Quando a moeda não é comum

O cartão pré-pago faz a conversão automaticamente, porém é mais vantajoso se estiver na moeda do país em que você viajou. Por exemplo: você pode ter em seu cartão pré-pago somente dólares. E, estando na Europa, gastará em euros. Não haverá problemas – passando o seu cartão pré-pago, a conversão será feita automaticamente para descontar o valor. Mas será sempre melhor na moeda original, no caso em euros.

Casas de câmbio X hotéis

Se tiver de fazer câmbio no destino visitado, prefira as casas de câmbio aos caixas de hotéis, ainda que você possa quebrar o galho no hotel em casos de emergência. Isso porque a taxa costuma ser mais favorável nas casas especializadas, inclusive nas disponíveis nos desembarques dos aeroportos. Porém, lembre-se que é preciso ser uma casa de câmbio de confiança, para que você não corra o risco de levar gato por lebre. Especialmente em destinos com problema de dinheiro falso, como a Argentina.

Pequenos valores

Se você é daqueles que prefere não trocar dinheiro e andar apenas com seu cartão de crédito ou cartão pré-pago, lembre-se que você sempre precisará de pequenos valores, pelo menos para usar na hora de pagar táxis, dar gorjetas etc. Por isso, ao fazer o câmbio, faça sempre uma parte em cash – e com valores trocados.

Fique atento

Nunca é demais lembrar que os turistas podem ser muito visados em alguns destinos turísticos. Por isso, é sempre bom lembrar que caso leve dinheiro vivo, esteja sempre atento. Por outro lado, tenha em mãos os contatos (site e telefones) para cancelamentos de cartões de crédito e débito em caso de perda ou roubo. E cancele-os imediatamente tão logo dê pela falta de um deles.

Planeje-se

Adquirir a moeda estrangeira aos poucos é uma boa maneira de economizar, evitando as grandes oscilações no câmbio, já que tanto em relação ao dólar quanto ao euro, o real está em desvantagem.

Por isso é importante fazer um planejamento, programando quanto será gasto por dia, evitando assim cair na tentação de gastar mais do que se pode.

 

Cartão Pré Pago - Las Vegas

O cartão pré-pago

O número de brasileiros em Las Vegas é cada vez maior, tanto que no principal outlet da cidade existem propagandas inteiramente em português, como é o caso da imagem ao lado.

Rose Meire Del Col, vice-presidente dos Produtos Pré-Pagos da American Express lembra algumas das vantagens dos cartões pré-pagos e, especificamente, do Amex Global Travel Card. Entre elas, o fato de ser multimoedas, isto é, aceitar carga em dólares americanos, euro e libra.

“Além disso, ele é aceito nos milhões de locais onde os cartões American Express são aceitos”, conta, como se fosse um cartão de crédito. Outra grande vantagem do Amex Global Travel Card é o fato de o usuário receber um cartão reserva no seu “welcome kit”. Isto é, se perder o cartão, o usuário cancela o perdido e pode continuar usando, não ficando a mercê da sorte.

Rose Meire também ressalta que o Amex GTC não tem tarifa de inatividade e nunca expira, além de disponibilizar promoções exclusivas para os clientes junto a grandes shoppings e redes de lojas com grande apelo entre brasileiros, como a Macy’s, por exemplo. 

Ela conta ainda que para facilitar a vida dos usuários, o kit de boas vindas do produto também traz as facilidades para os principais países visitados pelos brasileiros. “Também temos central de atendimento 24 horas, em português.”

Facilidades do cartão pré-pago
 

  • O cartão permite o carregamento em diversas moedas e pode ter a mesma bandeira dos grandes cartões de crédito sem restrição para o estabelecimento que recebe o pagamento.
  • Por ser um pré-pago, ele não sofre com as variações na cotação de moeda, comuns nas faturas dos cartões de crédito, que chegam sempre depois da viagem. Você já viaja com a quantia que pretende gastar inserida no cartão.
  • Além de permitir um maior planejamento e menos surpresas na volta para casa, o cartão pré-pago ainda oferece outra vantagem – o menor IOF, já que o imposto é de 0,38%. Por outro lado, se você faz a compra em seu cartão de crédito tradicional, terá de pagar 6,38% dos gastos em IOF no vencimento da fatura.
  • Se você decidir gastar mais do que colocou no cartão pré-pago, você pode recarregar por meio de transferência bancária, quando quiser e no valor que desejar. No máximo, terá de esperar 24h para confirmar a transferência.
  • O saque com o cartão é feito em moeda local, em centenas de países, em caixas eletrônicos da bandeira indicada pelo produto.
  • Em caso de perda ou roubo, o cartão pode ser bloqueado imediatamente por intermédio do site ou da Central de Atendimento. Mas acompanhe por meio do site o extrato e movimentação para não ser surpreendido.
  • Mas é preciso tomar cuidado para não perder o cartão, já que, como a maior parte dos estabelecimentos não pede que se digite a senha (ao contrário dos saques), qualquer um pode fazer compras. 
  • Uma limitação é que hotéis e navios não costumam aceitar o produto como caução na hora do check-in.
  • De volta ao Brasil, você pode guardar o cartão com seu saldo para a próxima viagem ou sacar o dinheiro no Banco 24 Horas ou em rede indicada pela corretora, banco ou produto.
Fonte: Vamos lá Viagens – Fabíola Bemfeito
 
 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *